Administração Pública e Social

Administação Pública e Social - Bacharelado

A teoria administrativa teve grande parte de sua evolução pautada pela necessidade de se buscar rentabilidade do capital em organizações privadas com fins lucrativos. Entretanto, verifica-se cada vez mais a demanda por administradores que possam dirigir também organizações públicas da administração direta e indireta com a mesma eficiência e eficácia da iniciativa privada. Da mesma forma, cresce a demanda por uma gestão mais profissional em organizações sem fins lucrativos (não governamentais), cada vez mais complexas e sujeitas a regulamentações e a parâmetros de governança, representação contábil e prestação de contas.

O UNIFAI - Centro Universitário Assunção, que há mais de três décadas oferece o curso de Administração, com disciplinas pertinentes à formação do administrador de pessoas jurídicas, passa a oferecer o curso de Administração Pública e Social, mais específico à formação em desenvolvimento social, cuidando não apenas da gestão da organização, mas mantendo a prestação do serviço à comunidade acima da necessidade de rentabilidade do capital.

Esse novo administrador público e social, além de estar atento às políticas públicas e diretrizes socioambientais, precisa conciliar conhecimentos, habilidades e atitudes a diretrizes administrativas (sustentabilidade econômica), ambientais (sustentabilidade do planeta) e sociais (sustentabilidade e reprodução social).
 

Perfil do Administrador Público e Social

O futuro Administrador Público e Social do Unifai será habilitado para o entendimento das políticas públicas sociais e ambientais, a expertise da administração pública direta e indireta, o atendimento às leis e editais que regulamentam a participação de entidades privadas nas atividades do terceiro setor, o desenvolvimento de projetos e a sua devida prestação de contas, a atividade em equipes multidisciplinares compostas por profissionais que necessitam da atuação de um gestor holístico, capaz de interagir proativamente com pedagogos, psicólogos, assistentes sociais, ambientalistas, médicos, agentes financeiros, empresários, representantes sociais, religiosos, políticos e com a comunidade local, regional, nacional e até internacional.

Com uma formação na gestão pública e privada, este profissional conseguirá obter o máximo de resultado das estruturas públicas da administração direta (municipais, estaduais e federais), da administração pública indireta (autarquias e agências), das pessoas jurídicas públicas externas (representantes de governos externos), bem como das estruturas privadas com e sem fins lucrativos e agentes financeiros nacionais e internacionais.

Vale lembrar que, para atuar, o profissional precisa obter conhecimento em gestão, ciências sociais, relações internacionais e direito. Exige-se, ainda, capacidade de negociação, de articulação e de tomada de decisões, que mesclam técnicas com habilidades no relacionamento humano.
 

Em que Trabalha o Administrador Público e Social

• Organizações não governamentais, Associações e Cooperativas
Elaborar programas de metas, gerenciar orçamentos, planejar e instituir programas sociais.

• Consultoria
Planejar ações institucionais para redução de custos administrativos, ampliar a abrangência das ações e potencializar os benefícios das políticas públicas; Elaborar projetos para financiamentos em bancos públicos.

• Empresas do terceiro setor
Instituir programas e projetos, elaborar e planejar processos de licitação pública, promover contato entre organizações do Terceiro Setor e estatais.

• Serviço Público 
Administrar os setores contábeis e orçamentários dos órgãos públicos e lhes dar assistência; realizar licitações e contratos administrativos; gerenciar vínculos entre empresas públicas e privadas.

• Gestão de Políticas Públicas
Elaborar, coordenar e avaliar políticas públicas para os poderes Executivo, Legislativo e organizações da Sociedade Civil em áreas como saúde, educação e segurança.

• Empresas Privadas
Atuar em atividades que interagem com o poder público (projetos de gestão compartilhada).

• Administração de RH
Intermediar relações entre funcionários e empresa, coordenar seleção e admissão, planos de carreira e de salários e programas de incentivo, treinamento e capacitação de mão de obra.

• Administração Financeira
Organizar e coordenar as atividades financeiras (patrimônio, capital de giro, orçamentos e fluxo de caixa).

• Administração Rural
Controlar processos de produção, distribuição e comercialização em empresas rurais e agroindustriais.

• Auditoria e perícia
Acompanhar análise de documentos dos diversos setores de uma organização, elaborar exames periciais em assuntos relacionados ao dia a dia, como questões financeiras ou de RH.

• Comércio Exterior
Administra e planeja negociações de importação e exportação.

• Controladoria
Planejar e gerenciar orçamento de empresas (controle de custos e auditoria interna).

• Empreendedorismo
Definir as estratégias de criação e direção de um empreendimento ou de uma nova unidade de negócio, avaliando oportunidades, concorrência e gestão de pessoas.

• Empreendedorismo Social
Criar empreendimentos sociais com foco em sustentabilidade econômica.

• Gestão Ambiental
Gerenciar recursos físicos, humanos e financeiros para adoção de políticas e execução de projetos de sustentabilidade ambiental.

• Gestão de Qualidade
Aperfeiçoar os processos industriais e de venda ou compra de serviços ou mercadorias; coordenar programas de qualidade de vida de funcionários e clientes.

• Logística
Estabelecer e administrar o fluxo produtivo de uma empresa, da compra e estocagem da matéria-prima à distribuição da mercadoria nos pontos de venda.

• Marketing
Definir as estratégias de atuação com base nas necessidades dos clientes, desenvolver produtos e serviços e planejar as vendas.

• Sistemas de informação
Gerenciar sistemas de tecnologia de informação, atualizando equipamentos e programas.
 

Por que fazer Administração Pública e Social no UNIFAI

A estrutura curricular do curso de Administração Pública e Social privilegia amplo conhecimento em Gestão de Organizações com ou sem fins lucrativos, Associações, Cooperativas e o Setor Público. O conteúdo privilegia conhecimento da organização de uma empresa, noções de empreendimentos, Finanças, Contabilidade, Macroeconomia, Sustentabilidade Ambiental, Gestão Estratégica da Informação, Negociação e Jogos de Empresas, Recursos Humanos e Marketing. Possibilita ao aluno, ainda, integrar teoria e prática, ou seja, experimentar na prática as noções de sala de aula.

Com a finalidade de fomentar ações que auxiliem a inserção no mercado de trabalho, estimulem o empreendedorismo e possibilitem contato com empresas da região, o aluno é convidado a participar de programas como Empresa Júnior (JuniorFAI) e Desafio SEBRAE, organização de bancas de TCC (trabalho de conclusão de curso), além de eventos, jornadas administrativas e seminários. Por meio de parcerias, o UNIFAI proporciona aos estudantes visitas técnicas a empresas privadas e ONG’s, a comunidades e órgãos públicos (prefeituras e secretarias) pelo programa UNIFAI+Social.

 

Duração: 8 semestres (4 anos);
Mensalidade: R$ 755,00* (R$ 529,00 até 5º dia útil)
*Valor válido para o ano de 2018
Turno: Matutino;

Duração: 8 semestres (4 anos);
Mensalidade: R$ 755,00* (R$ 733,00 até 5º dia útil)
*Valor válido para o ano de 2018
Turno: Noturno;

Coordenador:
Profª. Dra. Edineide Maria de Oliveira
e-mail:hedineide@gmail.com
Curriculum lattes: clique

Estrutura curricular:
Acesse a estrutura curricular do curso

Reconhecimento/Autorização:
Resolução CONSUP – 24/10/2016

Conceito de Curso (CC):