Pular para o conteúdo principal

PDI

 

Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI

 

Princípios Filosóficos e Metodológicos Gerais

O Plano de Desenvolvimento Institucional expressa as expectativas do Centro Universitário Assunção - UNIFAI e constitui um roteiro de ações administrativas e acadêmicas, instituindo metas para o período 2009-2013. Ele é fruto do esforço coletivo de todas as instâncias que compõem a instituição, comprometidas com o aprimoramento da qualidade e da competência no desenvolvimento acadêmico, organizacional, físico e ambiental.

Frente às exigências do mundo atual, o UNIFAI propõe-se a realizar, sistematicamente, revisões críticas e criativas do presente, fundamentadas na preservação dos aspectos positivos do passado e das projeções de futuro, tendo como princípios:

  • a autonomia universitária, na forma da lei;
  • a educação humanista;
  • a participação interna;
  • o compromisso social;
  • a associação entre ensino, pesquisa e extensão, promovendo a participação crítica da comunidade universitária;
  • a participação efetiva no cenário do ensino superior brasileiro.

 

Políticas de ensino, pesquisa e extensão

À luz da missão do Centro Universitário Assunção - UNIFAI nossos objetivos principais, para o período 2009-2013, são:

  • ampliar o nível de excelência da instituição nas  modalidades do ensino, da pesquisa e da extensão;
  • fortalecer ações de compromisso social; 
  • aprimorar a gestão acadêmica, a administrativa e a financeira.

Com relação às metas para ensino, pesquisa e extensão, o Centro Universitário Assunção visa aprimorar seu sistema de ensino, mediante o planejamento articulado da graduação e da pós-graduação, incluindo o incentivo à melhoria do desempenho docente e discente, associada à capacitação, à formação continuada e ao desenvolvimento profissional. Nesse sentido, busca parcerias entre a Instituição, redes colaborativas e mundo corporativo.

No intuito de aprimorar os processos de ensino e aprendizagem, o UNIFAI propõe-se a:

  • ter uma concepção curricular dinâmica, permitindo liberdade ao educando para escolha de atividades complementares, de estágios, de grupos de estudos e ações voluntárias de serviço à comunidade;
  • atualizar-se sistematicamente e estar em sintonia com as transformações regionais e nacionais e as mudanças tecnológicas;
  • promover cursos afinados com as vocações regionais;
  • integrar teoria e prática de forma a tornar plena a habilitação do educando;
  • integrar os Projetos Pedagógicos de Curso com as diretrizes da Instituição, assim como os cursos de graduação com os de Pós-Graduação;
  • instituir o espírito de iniciação científica de forma a viabilizar a independência acadêmica.

Tais propostas concretizam-se a partir das relações estabelecidas pelos setores administrativos, didáticos, tecnológicos e pelas ações realizadas pelo setor de atendimento aos alunos, biblioteca e laboratórios.

 

Responsabilidade Social

Partindo do pressuposto de que é preciso formar docentes e profissionais capazes de responder à complexidade típica das sociedades contemporâneas, em meio às quais se faz premente a explicitação de valores éticos que norteiem a vida em coletividade, a formação cidadã passa, necessariamente, pelo diálogo entre Instituições Superiores de Ensino e Sociedade. Este diálogo incita à busca conjunta de soluções qualificadas para os mais diversos problemas. Estas soluções, por sua vez, requerem a luz das diferentes áreas de conhecimento, chamadas à colaboração mútua e instituindo um saber que suscita a interlocução de diferentes disciplinas. 

Questionados em seu papel social e na sua capacidade de resposta aos enormes desafios da atualidade, Universidades e Centros Universitários brasileiros foram levados a elaborar Projetos Pedagógicos Institucionais que promovessem Cursos de Graduação sólidos, capazes de articular o ensino à produção crítica e permanente do conhecimento instituído, isto é, à pesquisa, e o serviço à comunidade interna e externa enquanto projetos de extensão. Fazendo jus a sua tradição, o Centro Universitário Assunção vem ampliando seus projetos sociais dirigidos ao público interno e externo, descritos nas Dimensões de Extensão e Atendimento ao aluno, os quais especificamos em linhas gerais: 

  • CAEC (Comité de Acompanhamento Ético-Comunitário);
  • CEOPp (Centro de Estudos e Orientações Psico-pedagógicas);
  • Empresa Júnior;
  • IMAGO - Cinema e Direito;
  • Inclusão Digital;
  • Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) e Escritório de Assistência Jurídica (ESAJU);
  • Pastoral Universitária (Atividade Confessional);
  • Projetos de Nivelamento: Logos Clarear e Matemática; Reforço Escolar para Alunos da Rede Pública.