A PSICOMOTRICIDADE NO AMBIENTE HOSPITALAR: A importância da brinquedoteca na ala infantil.

 THE PSYCHOMOTOR IN HOSPITALS: the importance of children's playroom on the ward.

Maria Alice Teixeira Xavier Cardoso1
Orientadora: Vânia Ramos2

Resumo: O presente artigo tem como objetivo discorrer sobre a importância da implantação e efetiva utilização das brinquedotecas no ambiente hospitalar, justificando que dentre as atuações do psicomotricista está a coordenação de práticas educativas nesses ambientes alternativos, por vezes informais. Utilizando como metodologia a pesquisa bibliográfica, embasando em autores como De Meur, A. Staes (1984), Fonseca (1996), Le Boulch (1998), Mello (2006), La Pierre (2007). Acredita-se que a psicomotricidade favorece à criança uma relação consigo mesma, com o outro e com o mundo que a cerca, possibilitando-a um melhor conhecimento do seu corpo e de suas possibilidades e no ambiente hospitalar onde está emocional e fisicamente abalada, ela só tem a contribuir com sua autoestima e favorecer o restabelecimento de sua saúde.
Palavras-chave: Ambiente hospitalar, humanização, psicomotricidade, brinquedoteca.

Clique aqui para vizualizar o artigo na íntegra