UMA VISÃO DA PSICOMOTRICIDADE SOBRE A APLICAÇÃO DO TAI CHI CHUAN AOS ADOLESCENTES EM PROCESSO PUBERAL

A vision of the Psychomotricity on the implementation of Tai Chi Chuan for
adolescents in pubertal process

Peterson Mendonça Rodrigues1
Orientadora: Prof.ª Dr.ª Vania Ramos

RESUMO: A educação psicomotora proporcionada pelo Tai Chi Chuan torna-se um diferencial no desenvolvimento adolescente por ser uma arte holística, que visa a integração do corpo, mente e espírito. Sua prática consciente e freqüente deve auxiliar na formação de púberes capazes de gerir as próprias crises internas, inerentes às transformações mentais, físicas e sociais desta etapa, oferecendo-lhes condições de construir esquemas e imagens corporais adequados, com vistas à boa autoestima. A partir disso, assumem suas condições de sujeitos capazes de estabelecer boas e inovadoras relações com seus iguais, com a família, com a sociedade e com o transcendente. A aplicação do Tai Chi Chuan como terapia psicomotora destinada aos adolescentes em processo puberal não se restringe às escolas, mas é uma proposta aberta a qualquer segmento que atue em áreas socioeducativas, como clubes, igrejas, organizações não governamentais, dentre outras. Entretanto, o ensino desta arte requer pessoal formado e qualificado, ficando o convite para seu aprendizado àqueles que queiram se dedicar a tal missão na educação. Assim, unindo a prática ocidental a esta arte de filosofia oriental, temos convicção de que ampliamos nossa visão da Psicomotricidade no processo puberal.

Palavras–chave: Adolescência; Educação; Terapia; Psicomotricidade; Tai Chi Chuan.

Clique aqui para vizualizar o artigo na íntegra